Cerca de 300 municípios mineiros cancelaram o carnaval mas BH deverá realizar o melhor da história.

0
246

Cerca de 300 municípios mineiros cancelaram o Carnaval de 2019 por conta da crise econômica e o desequilíbrio nas contas públicas, ocasionado, sobretudo, pelo atraso no repasse de verbas por parte do Governo de Estado. Em Juiz de Fora, a festa será realizada em menor magnitude. Sem recursos da Prefeitura, não haverá desfile das escolas de samba, e a programação oficial contará com mais de 50 blocos que buscaram alternativas próprias para se viabilizarem. Diferente desta realidade, Belo Horizonte se prepara para viver o maior Carnaval de sua história. A expectativa é de que o evento atraia cerca de 4,6 milhões de pessoas, movimente mais de 600 milhões na economia e crie sete mil vagas de emprego.

A diferença entre a realidade belorizontina e dos demais municípios vai além da questão do porte. Para a realização do Carnaval, a Prefeitura de Belo Horizonte criou uma estrutura de organização e planejamento que envolve órgãos públicos, dirigentes de blocos e escolas e, também, o setor privado. “A principal estratégia foi trabalhar em integração com 40 órgãos públicos, para garantir segurança, limpeza urbana, fluxos de trânsito e saúde. Além disso, durante todo o ano, estamos próximos aos organizadores de blocos de rua para compreender as demandas. Outro ponto de atenção foi o fortalecimento do diálogo com as escolas de samba e os blocos caricatos, que são parte fundamental da nossa cultura carnavalesca.

 continua após a publicidade 

Nosso modelo também está ancorado em editais de patrocínio, que permitem que o setor privado invista na festa e possibilite a contratação de estruturas e pessoal sem que isso onere o orçamento público”, explica a assessoria da Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte (Belotur).

FONTE : TRIBUNA DE MINAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Please enter your name here