Inferno Verde : “Dragão” fere “Guerreiro” que conta com seu “caldeirão” pra reverter a situação.

0
586

O estádio Centenário em Ubá assistiu neste domingo 03/12, uma das maiores partidas de futebol amador de todos os tempos na região. Os cerca de 4.000 espectadores ( público estimado) de Portuense e Spartano quase não tiveram tempo de respirar mediante um espetáculo de alto nível. O Spartano de Rodeiro, melhor campanha do campeonato, empurrado por uma massa de torcedores fanática e incontável, invicto e sem sombra de dúvidas, grande favorito foi surpreendido pelo Portuense que decidiu mandar sua partida em Ubá pois o Olintho Almada em Astolfo Dutra não comportaria a quantidade de público. As duas torcidas deram um show á parte.

Nas arquibancadas descobertas nem a chuva afugentou os ” guerreiros spartas”. Um festival de sombrinhas e guarda-chuvas traçavam um novo visual na compacta torcida de pelo menos 3.000 pessoas.Um demonstração de amor e paixão pelo seu time. Nas arquibancadas cobertas apesar de em menor número, a torcida do Portuense pela primeira vez no campeonato demonstrou força : Não parou de gritar um minuto e a bateria ditou o ritmo da galera.

No jogo o que se viu foi um Portuense totalmente ” encaixado” que veio a campo já sem Vitão ( jogador já se apresentou ao Guarani de Divinópolis) e Anderson Kunzel. Índio ( craque do jogo) que já vinha atuando e Sávio ( Londrina) foram seus substitutos e a equipe não sentiu a falta dos titulares. O “Guerreiro” acostumado a ditar o ritmo das partidas se viu acuado pelo ” Dragão”. O Portuense apertava mas o gol não saía e quase que a bola punia os time verde, numa jogada onde Afonso operou seu primeiro milagre da tarde. Depois de Muniz perder um gol na pequena após cabecear pra fora, num contra-ataque pela direita, Edu recebeu um passe de Sorriso e tudo indica que tentou chutar mesmo, apesar de Miguel aparecer entrando na área, ele fez um gol á la Ronaldinho Gaúcho na Copa de 2002. A bola fez uma curva , matou Neguetti e descaiu lindamente no fundo do “véu de noiva ” para explosão de alegria da torcida. Um gol comemorado ao extremo. Gol de placa.

No Spartano que trouxe três caras novas as coisas não funcionavam. Daniel Amorim fora de posição e sem entrosamento seria substituído na segunda etapa pelo seu antecessor Cláudio Maradona, que seria mais á frente um dos personagens do jogo. Matheus Silva também não foi brilhante e Judson foi quem mais se destacou mas nitidamente sentiu a falta de entrosamento. Muitas mexidas numa equipe que vinha atuando de forma compacta e eficaz. Ronaldo “Cheiroso” com certeza após um vestiário quente repensou a escalação e mostrou personalidade ao sacar Daniel Amorim e colocar Maradona.

A torcida azul e amarela pela primeira vez demonstrava tensão, apreensão e paixão pois não arredou o pé e foi quase premiada no final. Aos 44 minutos numa bola dividida o árbitro da CBF Sr. Igor Benevenuto marcou pênalti. Um lance que na opinião da equipe Show de Bola não houve a infração. Vale a pena ressaltar aqui para futuros debates que apesar disso a figura do árbitro profissional foi determinante para que quase não houvessem reclamações mais contundentes . Dificilmente um árbitro amador por mais preparado que estivesse sairia ileso desta situação.

Na cobrança Cláudio Maradona bateu e praticamente telegrafou o canto. Afonso que não tinha nada com isso foi lá e defendeu garantido assim a vantagem considerável para a finalíssima do Campeonato Regional da LAU 2018 no estádio Adolfo Nicolato em Rodeiro ás 16h15. O Spartano terá pela que vencer e vencer para conquistar seu bi-campeonato sonhado diante de sua imensa e fanática torcida. Vencer no tempo normal por qualquer placar e vencer também nas cobranças de penalidades. O Portuense está próximo de conquistar um  título inédito e seu treinador pode conquistar um bi-campeonato regional por duas ligas diferentes no mesmo ano ( Merica foi campeão da “Champions LEC” pelo Ideal de Recreio ).

Portuense : Afonso, Yan,Lucas,Igor Testão e Sávio,Índio, Muniz, Miguel, Sorriso , Edu e Wandinho. Tec: Merica

Spartano: Neguetti, Wallace, Welton Felipe, Wladmir e Wallace Marinho, Lima, Matheus Silva, Daniel Amorim e Judson, Daniel e  Francismar : Tec: Ronaldo Luís ( Cheiroso)

Arbitragem : Igor Júnior Benevenuto auxiliado nas flanelas por Felipe Alan Costa Oliveira e Ricardo Júnio de Souza. Quarto árbitro Luís Cassino e Delegado da partida Cláudio Ferrari.

A PARTIDA TEVE TRANSMISSÃO AO VIVO PELO FACEBOOK SHOW DE BOLA QUE TEVE AUDIÊNCIA ESMAGADORA . 

REPORTAGEM KADU FONTANA

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Please enter your name here