Wellington Fajardo estreia com pé direito e leva Patrocinense á vitória no “Mineiro”.

0
303

O sanjoanense Wellington Fajardo ( Etinho) começou com o pé direito á frente do Patrocinense no Campeonato Mineiro. Pela primeira rodada, o Patrocinense venceu a URT de Patos de Minas pelo placar de 2 x 1 , jogando diante de sua torcida. A redação do RKF recebeu do excelente treinador, algumas imagens desta partida . Esra é a segunda passagem de Etinho pela equipe de Patrocínio. No ano passado ele classificou a equipe para o octogonal decisivo do campeonato. O RKF vai companhar toda a trajetória de Wellington e de sua equipe durante a competição.

ABAIXO UM RESUMO DA PARTIDA PELO GLOBOESPORTE.COM 

Na tarde deste domingo, o CAP venceu a URT por 2 a 1 no estádio Pedro Alves do Nascimento pela primeira rodada do Campeonato Mineiro. Com gols de Felipe Alves e Diego Borges, dois jogadores que defenderam o Trovão, o Patrocinense largou com o pé direito no Estadual. Gladstone marcou para o time de Patosde Minas.Tudo que o CAP queria era sair na frente do placar logo cedo. Por isso, o time saiu pra pressão logo nos primeiros minutos, encurralando a URT. E o objetivo foi alcançado rapidinho. Aos 6 minutos, Felipe Alves recebeu passe na frente, invadiu a área deslocou Arthur para abrir a contagem. Com o passar do tempo, a URT foi tomando as rédeas da partida, mas com um domínio pouco produtivo. Com a entrada de Kaio Wilker na vaga de Cascata, o time melhorou, mas não criou muito. Desta forma, o time de Patrocínio terminou os primeiros 45 minutos em vantagem.

SEGUNDO TEMPO

Na volta do intervalo a URT tentou sufocar o adversário e conseguiu esse bom momento na partida, se fazendo mais presente no campo de ataque. As boas chances ainda demoraram a sair. Aos 16, Everton cabeceou e obrigou Júlio César a fazer bela catada. Mas aos 24 não teve jeito. Após jogada de Kaio Wilker, Júlio César não segurou e Gladstone mete na rede para empatar o jogo. Daí pra frente, embora a URT tenha continuado a controlar o jogo, o CAP voltou a ameaçar mais. Aos 37, Toni Galego quase desempatou de cabeça, com a bola raspando a trave. Quando tudo conspirava para um empate, Diego Borges apareceu. Bruno Moreno cobrou falta no segundo pau e o zagueirão testou para o fundo do gol, que deu a vitória ao time da casa aos 42 do segundo tempo.

REPORTAGEM KADU FONTANA com informações do Globoesporte.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Please enter your name here