Homem é morto possivelmente por golpes de foice ou machado em Cataguases.

0
1094
Humberto Farinha de Araújo, de 38 anos,foi morto por volta das 22 horas desta quinta-feira, 31 de janeiro, na Rua Milton Ventura Marinho, no Bairro Santa Clara, em Cataguases  vitimada “provavelmente” por um machado ou foice segundo a perícia técnica da Polícia Civil. Não havia nenhuma perfuração à bala, “por causa do formato dos cortes encontrados no corpo da vítima”, disse a perícia.

De acordo com a PM, ao lado do corpo haviam um simulacro de arma de fogo e uma caixa com “bomba” conhecida como “cabeça de nego”, que ele estaria usando para assustar possíveis desafetos.

Ainda de acordo com a PM, a vítima vinha apresentando um comportamento diferente nos últimos meses e se envolveu em algumas ocorrências policiais, inclusive, fugiu da polícia recentemente. Segundo o tenente Marinato, Humbertinho, como era conhecido, também foi alvo de um tentativa de homicídio no dia 04 de novembro de 2018, quando foi alvejado em uma das mãos.

                                              CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No começo desta noite de quinta-feira, ele foi até uma padaria próxima a antiga estação ferroviária onde comprou créditos para o seu celular, mas voltou ao local minutos depois reclamando que seu saldo não fora atualizado pois não conseguia efetuar ligações.
O dono do recinto mostrou à ele o comprovante de que a operação foi bem sucedida, mas ele se revoltou com a resposta e bateu com a mão sobre o balcão de vidro que se quebrou saindo de lá em seguida.
Enquanto os militares registravam esta ocorrência na padaria, chegava a informação de um homicídio. A equipe da PM se deslocou até lá e ao chegar, encontrou Humbertinho já sem vida.Durante a madrugada , a Polícia Militar de Cataguases prendeu um dos suspeitos, de 52 anos.
De acordo com o Tenente Marinato, ele contou que Carrarinha estaria indo até à casa dele nos últimos dias para ameaçá-lo e nesta quinta-feira teria voltado,  começando a chutar o portão, gritar e dizer que estava armado. Eles entraram em luta corporal quando foi atingido por golpes com o simulacro de arma de fogo e que também acertou a vítima, mas que outras pessoas também o agrediram sem no entanto, entrar em detalhes. A Polícia Militar ainda procura outro suspeito que teria participado do crime.
Fotos e fonte:  Site do Marcelo Lopes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Please enter your name here